Potter Heaven

The Pursuit

Drinks Fumegantes, Música, Três Vassouras

Gravadora: DECCA
Gênero: Jazz
Lançamento: 09 Novembro de 2009
Produtor: Greg Wells

Jamie Cullum é cantor de jazz e excepcional pianista mas não é um nome muito conhecido ou muito presente na grande mídia. Entretanto vocês já devem ter ouvido as músicas “Mind Trick”, parte da trilha sonora da novela Belíssima da Rede Globo, e “Everlasting Love”, da comédia romântica Bridget Jones no Limite da Razão. Além disso, Cullum também é famoso pelos diversos covers já feitos por ele indo de Frank Sinatra a Pharrell passando por Radiohead e Elton John.

Após quase dois anos com a turnê de “Catching Tales” Jamie decidiu tirar um ano de “férias” onde ele trabalhou com outros artistas, foi DJ juntamente com seu irmão e construiu seu próprio estúdio o Terrified Studios’s em Londres. Em 2009 ele fechou o ano trazendo seu quinto álbum, The Pursuit, tendo o titulo inspirado num romance de Nancy Mitford chamado “The Pursuit of Love” (A procura do Amor). The Pursuit começou a ser criado no Terrified Studio’s mas foi no verão de 2008 quando Cullum foi para Los Angeles trabalhar com o produtor Greg Wells que o álbum começou a ganhar vida. A grande maioria das músicas são parcerias entre Jamie e Greg além de diversos outros músicos incluindo alguns que trabalharam com o hit “Thriller” de Michael Jackson.

The Pursuit começa muito bem com a primeira faixa sendo uma recriação das músicas Love For Sale e Just One Of Those Things de Cole Porter em seguida vêm o single de lançamento “I’m All Over It”. Ouvindo o CD você vai esbarrando em diversos covers como o de “Don’t Stop The Music” da Rihanna, Leslie Bricusse em “If I Ruled The World” e Stephen Sondheim Not While I’m Around(trilha sonora do filme Sweeney Todd). Além disso as doze faixas se completam com sete músicas de sua autoria.

O mais interessante de Jamie Cullum é como ele consegue transformar músicas, a exemplo de Don’t Stop The Music que ele apresenta com uma cara de jazz não aquele clássico, mas ainda assim jazz. Por outro lado ele ao mesmo tempo consegue o inverso trazendo uma roupagem mais pop ao seu álbum. Além disso, no mesmo álbum ele junta influencias modernas e clássicas sem contrastar.

E não para por ai, em 2008 Jamie Cullum trabalhou com Clint Eastwood na criação da canção homônima do drama Gran Torino dirigido e estrelado por Eastwood, onde ambos foram indicados ao Globo de Ouro de Melhor Canção Original. Em outra parceria entre os dois Jamie criou a música tema do filme Grace Is Gone. Ambas as músicas são faixas bônus da edição de luxo de The Pursuit que acompanha um DVD com duas horas de extras e uma edição especial do encarte com a letra das músicas.

Pra quem assim como eu ta meio cansado desse pop chiclete (não desgruda da mente) The Pursuit é uma ótima pedida. Instrumental de primeira, letras bonitas e vocal impecável. Porém não se esqueça que o álbum é considerado jazz não vá ouvir esperando canções totalmente pop, mas acima de tudo o importante é ouvir a música sem preconceitos.


Comentários

2 comentários

Juliana
5 de janeiro de 2010 às 21:19

Adorei !! Brilhante matéria Érica !! Arrasou !! Parabéns !!
Bzuuuu

aretha melo
10 de janeiro de 2010 às 1:44

Ótima dica pra quem tá procurando renovar a playlist.

Tem um estilo bem original, ele.