Potter Heaven

[COLUNA] A maturidade de Hermione Granger

Semanário dos Bruxos

Hermione Jane Granger sempre foi amiga de Harry Potter e Ronald Weasley. Sua inteligência é um dos motivos de sua fama.

Hermione teve sua primeira aparição em Harry Potter e a Pedra Filosofal, no Expresso de Hogwarts, ajudando Neville Longbotton a achar seu sapo Trevo. Quando entra na cabine já ocupada por Harry e Rony, Hermione vê Rony fazendo magias e já começa a implicar com o garoto. Logo, Rony Weasley já não gostava muito de Hermione.

No dia das bruxas, Harry Potter e Rony Weasley salvam a vida de Hermione no banheiro feminino, que estaria morta por um trasgo montanhês se os garotos não tivessem a resgatado. (Talvez ela não precisasse ser salva se os garotos mais cedo não tivessem zombado dela, fazendo Granger deprimir-se e ir chorar no banheiro a tarde inteira). A partir desse dia, Harry, Rony e Mione formaram o trio que todos conhecem da série. O trio problema.

Nascida trouxa, Mione entra em grande perigo em A Câmara Secreta, quando acontecem petrificamentos em massa aos nascidos trouxas da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.

Hermione já estava ciente que o monstro da Câmara era um basilisco, portanto, quando foi instantaneamente petrificada na biblioteca da escola, segurava um papel contendo as informações e características do basilisco, com uma nota no rodapé da página arrancada do livro, mais tarde descoberta por Harry e Rony; canos, sugerindo que a cobra poderia estar usando a tubulação para se locomover sem que ninguém os visse. Sendo ofidioglota, Harry ouve a cobra na tubulação.

Em O Prisioneiro de Azkaban , Hermione assume muitas matérias novas para o terceiro ano letivo. Assume também um objeto mágico muito poderoso. Um vira-tempo, objeto que tem a função de voltar no passado.

Mione ajuda Harry a salvar seu padrinho Sirius Black, de um destino terrível e fatal: os dementadores de darem o beijo que faria a alma de Black ser sugada.

Hermione mostra-se muito calma e tem o controle da situação. Sem Mione, Harry não teria conseguido salvar nem o hipogrifo Bicuço, nem Sirius.

Em O Cálice de Fogo, Mione conhece Vítor Krum, estudante de Durmstrang e jogador de Quadribol da seleção da Bulgária, conseguindo conquistar o garoto e sendo seu par no Baile de Inverno. Mais tarde, Granger é levada ao fundo do Lago Negro, sendo refém de Krum.

No livro, Granger não gosta muito de Krum e sempre acaba tirando conclusões precipitadas do selecionado da escola de Durmstrang para o Torneio Tribruxo.

Em A Ordem da Fênix, ela participa da Armada de Dumbledore (cujo grupo Harry ensina seus conhecimentos sobre DCAT). Em minha opinião, Hermione poderia ter ajudado mais nas lições da AD, mas pelo menos no filme, Hermione é só “aluna” de Harry.

Harry Potter e o Enigma do Príncipe foi um dos filmes e dos livros mais interessantes em relação à Mione. No sexto filme e livro da série, ela tem um acesso de ciúmes, sem demonstrar muito. Rony Weasley e Lilá Brown começam a namorar, fazendo Hermione parar de falar com o Uon-Uon e detestar tudo que tenha relação a ele.

Em Relíquias da Morte, Mione se mostrou muito forte. Foi ela que sempre colocava os feitiços de proteção em volta de sua barraca e de Harry, mantendo todo mundo vivo. Foi ela que sempre encorajou Harry e o fez superar certas coisas. Foi ela que não deixou os amigos se meterem em confusão…

Mione era a mãe, a compreensiva, a sensível, a protetora, a salvadora e a garota expetacularmente ótima em magia. Mais qualidades que essas eu não consigo achar.

Em PdA ela se mostrou responsável e muito certa do que estava fazendo. De certa forma, ela não salvou somente duas vidas, mas também salvou a vida de Harry, tendo total domínio do vira-tempo, fazendo o amigo não perder o padrinho e não ser atacado por um lobisomem. Mostrou-se preocupada com a Firebolt que Harry ganhara misteriosamente.

Agora, vocês devem estar se perguntando o porquê do título do texto, certo?

Hermione foi madura porque sempre encarou as situações de frente. Nunca deixou de pensar e se preocupar com os amigos e colegas.

Hermione foi madura porque em nenhum momento deixou Harry sozinho, mesmo em situações adversas.

Ela sempre tentou salvar a vida de alguém em situações perigosas. É uma total prova de amizade e carinho, e isso, não tem preço.

Granger teve um papel muito importante na série. Papel que deixa todos os fãs emocionados e gratos por J.K. Rowling criar uma personagem tão importante e forte em todos os momentos.

Espero que tenha conseguido deixar minha opinião bem clara em relação à personagem e ter feito vocês gostarem do artigo.

Um abraço para vocês, e até a proxima!

Malfeito feito! Nox!


Comentários

4 comentários

Isa
4 de novembro de 2009 às 22:33

Amei, Só esqueceram de dizer no final ela se casa com Rony e tem 2 filhos: Hugo e Rosa!!!! E trabalha no Ministerio da Magia!!!!!!!
Fora isso…………………..eu simplismente AMEI!

Raah Patil
5 de novembro de 2009 às 0:06

Aaaah, que bom que gostou, Isa.
É verdade, esqueci de colocar da criançada da Granger.. he he ' :DD

Um beeeijãão.! :D

Bella
5 de novembro de 2009 às 16:29

He, que engraçado, sempre penso sobre o quanto Hermione cresceu durante a série. Acho que é o que tudo mundo pensa. Ela foi a mais que mudou e os meninos foram importantíssimos nesse amadurecimento, principalmente o Ron, que também amadureceu junto com ela. É, a Jo sabe das coisas, enquanto algumas está se jogando penhasco abaixo usahsauhsauhuhsa. [tá parei] =P

Bella
5 de novembro de 2009 às 16:40

Ah, um adendo, é Jean. É que a Lia não se ligou que tem outra com o sobrenome "Jane".

Ah falando mais sobre Hermione, este personagem magnifico (eu adoro falar sobre ela, é tão rico. *o*) Enfim… até estava filosofando hoje mesmo (ou quase todos os dias) sobre as fases Relíquias e Enigma, que o Relíquias da Morte é uma fase da Hermione de autoconhecimento e o Enigma do Príncipe de autoconsciência. Ahh eu poderia ficar falando nisso por horas. *o*

ah, eu ainda não li a coluna, vou ler agora. É por que adoro mesmo.