Potter Heaven

Bruxo da Semana: Rony Weasley – dia 6

Bruxo da semana

Rony, em seu sexto ano é bem movido pelos hormônios da adolescência. Depois de sua irmã mais nova, Gina, ter jogado em sua cara que ele era o único entre eles (Harry, Hermione e Gina) que nunca tinha beijado, Rony ficou tão incomodado que até seu desempenho no quadribol foi afetado.

– Só porque ele ainda não se agarrou com ninguém na vida, só porque o melhor beijo que ele já ganhou foi da tia Muriel…
– Cala essa boca! – berrou Rony, o rosto passando de rosado direto para o castanho-avermelhado.
-Não calo, não! – gritou Gina, fora de si. – Vejo você com a Fleuma, esperando que ela lhe dê um beijo na bochecha toda vez que a vê, é patético! Se você saísse por aí dando uns amassos, não iria se importar tanto que os outros fizessem isso!

Por estar jogando mal, e o jogo contra Sonserina estar perto, Rony até se oferece para sair do time. Harry, para evitar isso, finge que coloca Felix Felicis no suco de Rony, o que não passa despercebido por Hermione, que o entrega.

– Rony, estou avisando-o não beba isso! – repetiu Hermione, alarmada, mas Rony apanhou o copo, virou-o de um gole e disse:
– Pare de ficar mandando em mim, Hermione.

Após o café, Rony continua achando que tomou a poção e se sente muito confiante. Com a partida ganha, Harry conta que não havia poção e que ele fez tudo sozinho. A brincadeira resulta em uma briga entre Rony e Hermione, que acusa a amiga de não confiar nas habilidades dele.

– Não havia realmente nada no meu suco de abóbora? – perguntou ele, pasmo. – Mas o tempo está bom… e Vaisey não pôde jogar… Sinceramente você não me deu a poção da sorte?
Harry sacudiu a cabeça. Rony olhou-o boquiaberto por um momento, então ele se voltou contra Hermione, imitando sua voz.
– Você pôs Feliz Felicis no suco de Rony hoje de manhã, foi por isso que ele defendeu tudo! Está vendo! consigo pegar bolas sem ajuda, Hermione!
– Eu nunca disse que você não conseguiua… Rony, você também achou que tinha bebido!

Mesmo estando óbvio que se gostam, Hermione e Rony continuam brigados. Rony começa a sair com Lilá Brown, e arruma um relacionamento bastante “público”.

Hermione, depois de lançar um Oppugno nele, convida Cormaco McLaggen para sair, e se vinga de Rony.

Harry olhou para Rony, que parecia aliviado por não ter acontecido nada pior. – Oppugno! – veio um grito da porta.
Harry se virou e Hermione apontando a varinha para Rony, um expressão alucinada no rosto: o pequeno bando de passarinhos voou como uma saraivada de grossas balas douradas contra Rony, que ganiu e cobriu o rosto com as mãos, mas os passáros atacaram, bicando e arranhando cada pedaço do corpo dele que puderam alcançar.
– Melivradisso! – berrou ele, mas, com um último olhar de fúria vingativa, Hermione escancarou a porta e desapareceu. Harry pensou ter ouvido um soluço antes de a porta bater.

Devido à popularidade de Harry, Romilda Vane prepara uma poção do amor em um bombom e o presenteia. Rony, enganado, come o bombom. Para ajudar o amigo, Harry o leva ao escritório do professor Horácio Slughorn. Depois de tomado o antídoto, Slughorn decide abrir um hidromel que ele daria a Dumbledore. O hidromel estava envenenado e Rony, o único que havia tomado, quase morre – Harry o salva com um Bezoar. Depois do acidente, Hermione e Rony se reconciliam.

Hermione sorria exultante, mas o olhar de Harry procurou Rony. Encontrou-o finalmente, ainda segurando a taça com a expressão de quem levara uma bordoada na cabeça. Por uma fração de segundo eles se olharam, então Rony fez um discreto aceno com a cabeça que Harry entendeu como ‘Bem, se não tem jeito’.

O trio, no fim do sexto ano decide, ao invés de voltar para a escola, ir à procura das horcruxes de Voldemort.

– Estamos com você para o que der e vier – afirmou Rony. – Mas, cara, você vai ter de passar na casa dos meus pais antes de qualquer outra coisa, até mesmo de Godric´s Hollow.
– Por quê?
– O casamento de Gui e Fleur, lembra?
Harry olhou para ele, espantado; a idéia de que algo normal como um casamento ainda pudesse existir parecia inacreditável e, contudo, maravilhosa.
– Ah é, não devemos perder esta festa por nada – disse ele por fim.

Stephanie Nery
é editora de conteúdo e apaixonada pelo Sirius.

Comentários

3 comentários

@DouglasLemos
6 de julho de 2010 às 16:40

Muiiito bom XD Rony o melhor XD

Gilmar
6 de julho de 2010 às 20:47

Com certeza, o Rony é um dos personagens mais cativantes da série HP. Além de divertido é um amigo leal para o Harry

Bella
7 de julho de 2010 às 12:25

auehuheuhae o Harry, querendo a paz do mundo e começa outra briga. E a Gina muito menina má, eu que não queria uma irmã assim.