Potter Heaven

Reducto! #60 – 11º TV Spot de Relíquias da Morte, Prévias da trilha sonora e Rupert Grint

Elenco, Filmes, Reducto!, Rupert Grint

Um novo comercial de TV de Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I foi transmitido pela televisão britânica. Este é, nada mais, nada menos, que o 11º TV Spot liberado para a divulgação do sétimo longa metragem da série. O vídeo de 30 segundos de duração está, ainda, em baixa qualidade, e mostra Harry (como Scabior) dando descarga em si mesmo no Ministério, Hermione batendo em Rony, os Lovegood dançando no casamento de Gui e Fleur, e muito mais.

http://www.youtube.com/watch?v=m6wsc1kd3Zg&feature=player_embedded

O site Amazon disponibilizou prévias das 26 músicas que estarão na trilha sonora de Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I, composta pelo músico francês Alexandre Desplat, autor também das trilhas de A Bússola de Ouro e Lua Nova. Não perca tempo e escute as prévias aqui, depois diga para gente o que você achou nos comentários.

Em entrevista a um Livro Pôster australiano, o ator Rupert Grint (Rony Weasley) teve a oportunidade de falar um pouco mais sobre o seu trabalho nos filmes da série Harry Potter, Rony Weasley em Relíquias da Morte, sua relação com o personagem, arte, efeitos especiais, livro favorito e muito mais, dá uma lida:

Tem sido bom trabalhar com Domhnall Gleeson (que interpreta Gui Weasley em Relíquias da Morte)?
Sim, ele é realmente legal. E ele parece com um de nós (os Weasley). Então, ele se enquadra na família muito bem.

Rony esta com ciúmes do relacionamento entre Harry e Hermione?
Sim, paranóia é algo bem grande na barraca, e é um momento muito tenso de qualquer forma, porque Rony está preocupado com sua família e ele só tem (este sentimento) em sua cabeça.

Você tem muito mais áreas emocionais para interpretar em Relíquias da Morte.
Sim, definitivamente. Nós vemos mais profundidade nesses personagens, especialmente quando é um tempo tão sombrio para eles.

Rony volta em um momento realmente oportuno para Harry.
Sim, este é o grande momento de Rony. Ele realmente dá um passo a frente e se torna um herói.

Você gostou das cenas de luta contra os “Caçadores de Recompensa”?
Sim. Se alguém está realmente limitando você fisicamente, isso torna tudo um pouco mais real. Nessa cena, o Caçador de Recompensa tem que me socar no estômago. E ele realmente me socou no estômago.

Se você pudesse ficar com qualquer souvenir, qualquer adereço, quando você for, o que você acha que seria?
Provavelmente uma grande coleção de Gaita de Fole.

Há algum traço especifico que você admire sobre seu personagem em Harry Potter?
Ele é leal, amigável, bonito, e ruivo!

Qual aspecto do seu personagem em Harry Potter tem sido mais desafiante de interpretar?
Achei as seqüências de Quadribol bem desafiantes. Sempre quis fazer isso e foi desapontador não poder fazer em Ordem da Fênix (embora tenham tido cenas de Quadribol no livro, elas não foram incluídas no filme). Mas após um mês de sessão em uma vassoura não foi tão divertido como eu imaginei… mais doloroso e demorado!

Os filmes de Harry Potter geralmente envolvem efeitos especiais. É difícil atuar contra a tela verde?
Sim, isso pode ser bem complicado. Mas é algo que nós temos que usar durante os anos. Definitivamente ajuda ter uma boa imaginação.

Como ator, que outros tipos de arte acha que inspiram você? Pinturas? Romances? Filmes Clássicos? Teatro?
Eu gosto de várias formas de arte, particularmente pintura e desenho, mas também gosto muito de ver música ao vivo.

Se você pudesse interpretar um outro personagem em Harry Potter, qual você seria? Por quê?
Acho que Lupin seria o mais interessante, já que há tantos lados desse personagem. E mais, ele se transforma em um lobisomem…

Qual dos sete livros de Harry Potter é seu favorito, seja por um personagem ou uma história? Por quê?
Harry Potter e o Cálice de Fogo, porque há mais personagens e novas amizades foram estabelecidas fora do trio principal.

Faltam 23 dias para Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I.

Reducto!

Comentários

Um comentário

Andressa P. Rodrigues
24 de novembro de 2010 às 10:26

A entrevista teve perguntas interessantes, e ainda mais que foram para o Rupert responder. Poucos sites dão destaque a ele, ele é tão importante quanto o Dan e a Emma. Parabéns, o post ficou ótimo!