Potter Heaven

[Análise] Premiere londrina de Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I

Destaque

Na tarde desta quinta-feira aparentemente normal – pelo menos para os desavisados de plantão, fãs em todo o mundo estiveram por mais de duas horas voltados a apenas um lugar: Londres, a Meca para todos os aficionados pela série Harry Potter. O motivo? A premiere londrina de Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I, e claro, a chance de ver os atores da série e saber alguma novidade sobre o filme que chega logo mais aos cinemas – em 19 de novembro.

“Muitas pessoas fazem esse filme acontecer”, disse Heyman sobre o filme terminado há apenas três semanas, e eu concordo inteiramente, a série tem a sorte de uma base sólida, profissionais competentes, os melhores atores disponíveis na terra da rainha, e os melhores fãs do mundo. J.K. Rowling declarou ter passado por seu luto e estar pronta para consolar a todos esta noite. Estamos prontos?

Pelo tapete vermelho passaram Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint, mas também Matthew Lewis, os gêmeos Phelps, Helena Bonham Carter, Ralph Fiennes, Matthew Lewis, Imelda Staunton, e uma lista imensa de atores, atrizes e equipe técnica envolvidos no projeto, além da presença soberana da autora J.K. Rowling, responsável por toda essa agitação e magia em uma quinta-feira de uma semana que poderia ter sido como qualquer outra, caso ela não nos tivesse presenteado com a história do menino de óculos redondos que descobre ser bruxo.

Os fãs que tiveram a sorte de acompanhar tudo bem de perto, enfrentando o clima impetuoso da capital inglesa para estar um pouco mais perto do elenco e da autora, conseguiram traduzir nas entrevistas o que fãs do mundo todo, em frente a computadores berrando com o streaming que insistia em travar, estavam sentindo, estamos felizes por chegarmos até aqui e nos dar conta do sucesso que se tornou a série, mas estamos tristes de estar mais perto de dizer adeus.

Com as entrevistas concedidas por muitas das estrelas que desfilaram pelo tapete vermelho, uma certeza, a primeira parte de Relíquias da Morte promete ser intensa a ponto de tirar o fôlego. A autora J.K. Rowling chegou a declarar durante o evento, sem hesitar nem um pouco, que este é o seu filme favorito. E também parece ter sido de longe um dos longas que mais exigiu de toda a equipe, “esse filme não se passa em Hogwarts, então exigiu de todos nós”, disse o produtor David Heyman.

Bruno Longbottom
está na Potter Heaven há cinco anos, e hoje é editor do site. Corvinal, Jornalista, Cinéfilo apaixonado, não vê testralhos e não sabe voar de vassoura. No twitter, é o @bmaranhas.

Comentários

5 comentários

Lu
11 de novembro de 2010 às 22:03

Confio na opinião da Joanne! Expectativas mil! Que venha RDM Parte 1!

Lu
11 de novembro de 2010 às 22:07

Ah, a Emma e a Joanne na renda, hein? Estão divinas.

Bruh Xavier
12 de novembro de 2010 às 23:10

Ai meu Deus.. que raios de estreia que não chega….

O Rupert ta linnnnnnnnddddddoooooooooooooooooo!!!!

Ameiii

thayná coelho
13 de novembro de 2010 às 9:42

O Rupert Grint É LINDO!

Thaa
15 de novembro de 2010 às 16:20

Não vejo a hora de ver esse filme!
Tantos momentos:o beijo da Mione com o Rony,as relíquias, as horcruzes,a briga do Harry com o Rony e o meu gatinho Draco Malfoy!
Deixei de ir no debut da minha best pra ver a estreia!
Eu vou gritar muito!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!